Cidinha Lança seu primeiro romance infanto-juvenil, Kuami

Com muita satisfação transmito o convite de Cidinha, autora de

“Caríssimas e caríssimos,

Está a caminho da gráfica meu primeiro romance infanto-juvenil, Kuami (Editora Nandyala). É meu quarto livro individual, às vésperas de completar cinco anos de carreira literária. São 12.000 exemplares em circulação. Isso, como vocês podem imaginar, me deixa muito contente. As ilustrações de Kuami são de Josias Marinho. Estão agendados lançamentos em Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro, cuja divulgação espera receber o apoio de vocês. Abaixo, trechos da orelha do livro novo, escrita por Tania Macedo – USP.

“Cidinha da Silva mergulha na prosa mais uma vez e traz uma história que nos encharca de poesia ao nos contar sobre o Sereal, “reino das sereias, próximo à pororoca, onde se misturam olhos apascentados pelo rio e outros famintos de mar”.

Cheio de imaginação, musicalidade, situações engraçadas e a segurança de quem sabe onde vai chegar, Kuami, novo livro da autora é um presente à inteligência dos  leitores.

A história nos fala sobre os amigos Kuami, um elefantinho, e Janaína, uma pequena sereia, que percorrem águas, florestas e também os céus, vivendo numerosas aventuras, na procura por Dara, a mãe de Kuami, aprisionada por fazendeiros.

No caminho de sua busca, acabam ensinando muitas coisas a seus leitores, entre as quais o valor da amizade, a força da perserverança e também o amor que pode vencer muitas barreiras. Trata-se, assim, de uma narrativa que será lida com prazer tanto por gente grande como pelos pequeninos, pois se a fantasia e o suspense, sem dúvida, cativarão os jovens leitores e farão com que leiam a história quase sem parar, os adultos encontrarão uma prosa bem elaborada que os deliciará com os achados de linguagem, com a ironia e a sólida construção de personagens.”

Lançamentos

Belo Horizonte: Livraria Nandyala (Av. Do Contorno 6.000, loja 01, Savassi). Dia 20 de maio de 2011, às 19:00. Informações: (31) 32815894
São Paulo: Livraria Suburbano Convicto (Rua 13 de Maio, 70, 2º andar, Bela Vista). Dia 24 de maio de 2011, às 19:00. Informações: (11) 25699151
Rio de Janeiro: Rua Luís Barbosa, 93, Vila Isabel. Dia 04 de junho de 2011, às 15:00. Informações: (21) 30425671

Cidinha
cidinhadasilva.blogspot.com

 Da coleção de Postais Tridentianos, Cidinha da Silva e ilustração Lia Maria.

TV a Gato

 
Você sabe que às vezes o pessoal da favela faz gato não é só pela falta, mas também pela revolta. Você imagina o que é no inverno só ter água quente pro banho se esquentar a gás ou a lenha, porque não há energia elétrica? Andar a favela inteira com as suas sacolas de lixo debaixo do braço até o asfalto, porque caminhão coletor não sobe o morro? A moçada então, não perdoa. Esperança desacreditada, fermentada pela falta de perspectiva vira revolta. Na juventude da Elza Soares existia bica e o pessoal subia com a lata d’água na cabeça. Vieram os sambistas do asfalto e fizeram os sambas que romantizaram a pobreza, como se viver do nada e das sobras fosse bom. Hoje o pessoal resolve a falta de água encanada com o gato feito por umas mangueiras sujas, furadas por pedregulhos e roedores. Contaminadas também por excrementos de bicho. É tanta gente neste país que bebe clorofórmio fecal – para não ofender os ouvidos mais puros. Gato de TV a cabo você deve achar que é luxo, pois talvez nem você tenha (TV a cabo ou um gato de TV a cabo) em sua residência. Mas, veja bem: assim como um vivente tem direito à água potável, tem também direito à programação televisiva de qualidade. Para obtê-la, no Brasil, é preciso pagar uma assinatura. Suponhamos que você possa pagar. Ocorre que a empresa prestadora do serviço acha que o lugar onde você mora não é digno dele. E você, além de perguntar-se onde mora a lógica capitalista da empresa, faz o quê? Os meninos fazem gato. E quer saber do que mais, quem gosta de miséria é intelectual, já disse o Joãozinho Trinta. E quer saber de outra coisa? O prédio do seu vizinho aluga apartamentos com TV a cabo incluída. Só que os usuários não pagam nada. Nem a administração. Ninguém paga. É gato. (Ilustração: Lia Maria)

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s