“A taxa de homicídio de mulheres negras é o dobro da taxa das mulheres brancas”, destaca pesquisadora

Fonte: http://agenciapatriciagalvao.org.br/violencia/a-taxa-de-homicidio-de-mulheres-negras-e-o-dobro-da-taxa-das-mulheres-brancas-destaca-pesquisadora/

(Luciana Araújo/Agência Patrícia Galvão, 06/08/2015) Diversificados agentes de agressão, incluindo o Estado, maior exposição à violência tipificada na Lei Maria da Penha, inclusive no ambiente de trabalho, como no caso das trabalhadoras domésticas, e maior insegurança até mesmo dentro do lar. Estas são realidades vividas pelas mulheres negras no Brasil que evidenciam a relação intrínseca entre o racismo estruturante da sociedade brasileira e as violações de direitos sofridas cotidianamente por um quarto da população nacional.

A pesquisadora Jackeline Aparecida Ferreira Romio é uma das colaboradoras do
Dossiê Mulheres Negras: retrato das condições de vida das mulheres negras no Brasil(publicado pelo Ipea em 2013). Mestre e doutoranda em Demografia pelo Instituto de Filosofia e Ciência Humanas da Unicamp, Jackeline destaca o peso da escravidão, do colonialismo, da ditadura e do neoliberalismo na maximização dos índices de violência contra as mulheres negras e outros grupos, com a “função de manter o sistema de exploração e privilégios”.

Confira a entrevista concedida por e-mail à Agência Patrícia Galvão durante a produção do Dossiê Violência contra as Mulheres

Jackeline Romio (arquivo pessoal)

lei entrevista completa em: http://agenciapatriciagalvao.org.br/violencia/a-taxa-de-homicidio-de-mulheres-negras-e-o-dobro-da-taxa-das-mulheres-brancas-destaca-pesquisadora/

Foi um grande prazer e uma honra poder ter feito parte deste dossiê, seguimos!

Deixe um comentário

Arquivado em banho de assento

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s