Arquivo da tag: banho de assento

Picão amarelo para tratar Hepatite C

Boa semana companheir@s,

Algumas pessoas pediram para enviar receita de banho de assento para curar hepatite C, pois que esta é muito boa: O picão amarelo.

O picão é uma planta que com certeza quem mora no Brasil conhece e muito bem, ela parece ser um mato qualquer tem uma florzinha que gruda na roupa quando a gente passa perto dela. Pede para sua vó te mostrar e faça o chá tome ou banho. Veja foto abaixo:

picao

Dados técnicos retirados do site: http://www.plantasquecuram.com.br/ervas/picao.html#.Vnfvf9IrJkg

Bidens pilosa

Descrição : Planta da família das Compostas, trata-se de uma erva anual que floresce em todo o Brasil. Conhecida também como macela-do-campo, erva-picão, picão-do-campo, picão-preto, piolho-de-padre, carrapicho, seco de amor, aceitilla, cadillo, chilca. pacunga,cuambu, erva picão, alfiler, clavelito de monte.

Habitat: É nativo das áreas tropicais da América do Sul, África, Caribe, e Filipinas. Vegeta nos terrenos baldios ou expostos assim como nos campos de preferência silicosos.

História: O picão tem uma história longa de uso entre as pessoas nativas do Amazonas, e regiões amazônicas e em outros sistemas etno botânicos da América do Sul.

Partes Utilizadas – Toda a planta.

Propriedades : Vulnerária, antidisentérica, hepática, amarga, raucilginosa, estimulante, desobstruente, antis-corbútica, odontálgica (principalmente a raiz), sialagoga, antileucorréica, vermífuga e vulnerária

Indicações :

Muito usado na forma de chá para combater icterícia e hepatite, tanto para uso interno como para banhos, o picão é muito conhecido pelos que procuram nas plantas o remédio.

Também útil nos distúrbios menstruais; bactericida, antiviral, antifermentativo; diabetes; diurético; antioxidante; hipoglicemiante; seca as secreções; hepatoprotetor; leucemias; anti-inflamatório, antiespasmódico; inibe a atividade tumoral; vermífugo; anti-ulceroso, controla a acidez estomacal e estimula a digestão e nos engurgitamentos das glândulas mamarias.

Uso pediátrico: As mesmas indicações possíveis.

Uso na gestação e na amamentação: O picão apresentou atividade estimulante uterina fraca em cobaias. Por esta razão não deve ser usado durante gravidez.

Modo de usar :

Infusão de uma colher das de sopa (5g) da erva em ½ litro de água fervente. Tomar 2 a 3 xícaras ao dia: hepatite, icterícia, diabete, verminose;

infusão de uma xícara das de cafezinho da planta picada em ½ litro de água. Tomar 1 xícara das de chá a cada 4 horas; gargarejo: amigdalite e faringite;

compressas (pode-se usar o suco da planta, ao invés da infusão): feridas, úlceras, hemorróidas, assaduras e picadas de insetos;

decocção (para uso externo) de 10 colheres das de chá de folhas em 1 litro de água: abluções, compressas tópicas ou gargarejos;

suco de folhas frescas : Compressas em feridas e úlceras;

banho: utilizar a decocção acima, 2 vezes ao dia: vulnerário e antisséptico.

Contraindicações/cuidados: O picão contem uma pequena quantia de cafeína e não deve ser usado por pessoas que sejam alérgicas ou sensíveis à cafeína.

Posologia: 10g de planta inteira fresca ou 5g de planta inteira seca (1 colher de sopa para cada xícara de água) em infuso ou decocto, 1 -3 vezes diariamente dependendo da condição que está sendo tratada.

Tintura: 2 a 3 ml duas vezes por dia ou 2-3 g de erva em pó em tabletes, cápsulas, ou mexido em água (ou suco) duas vezes por dia.

Efeitos colaterais: O picão é hipotensor; pacientes cardíacos em uso de medicamento podem ter reações bruscas até a regulagem das doses.

Read more: http://www.plantasquecuram.com.br/ervas/picao.html#.Vnfvf9IrJkg#ixzz3uxUawuGm

Deixe um comentário

Arquivado em banho de assento

Chá de cacho de rosa branca para tratar problemas vaginais

Olá amigas,

Eu falei que iria postar uma nova receitinha para banho de assento e lá vai. É o chá de Rosa branca de cacho. A minha vó sempre fazia para a gente banhar a vagina e falava que era muito bom para menina moça, eu usei diversas vezes e sempre deu efeito imediato, muito acalmante e bom para a própria higiene da região que costuma ficar irritada inclusive por conta do calor.

Como fazer:

Colher cacho de rosa branca, ferver água, coloque a rosa e deixe em infusão for alguns minutos, banhe a vagina com o chá morno ou faça banho de assento.

bjus

rosa-trepadeira.796b77wm-6950

Propriedades da ROSA BRANCA (Rosa canina): Anti diarréica, nos tratamentos dos rins e bexiga, evitando reumatismo, gota e cálculos renais. Uso externo em banhos para combater inflamações e acalmar crianças agitadas.

Deixe um comentário

Arquivado em banho de assento, medicina natural

Para uma boa aplicação dos banhos de assento…

As informações foram retiradas do site: http://www.sunnet.com.br/home/Noticias/Banho-de-assento-Um-santo-remedio.html

Banho de assento: Um santo remédio!

Os banhos de tronco e de assento — que podem ser feitos em uma banheira de assento ou numa bacia grande — dão ao organismo melhor condicionamento preventivo e terapêutico frente aos problemas de saúde. Eles produzem reações benéficas do sistema nervoso e imunológico; atuam sobre a circulação sanguínea e sobre o metabolismo, favorecendo o regulamento térmico. Sua ação sobre os órgãos eliminatórios ativa a expulsão de substâncias nocivas presentes no organismo.

Aplicação correta dos banhos

Princípios que devemos observar

1. A pessoa que não está habituada a temperaturas muito elevadas (acima de 40°C) ou muito baixas (abaixo de 20°C) deve adaptar-se, gradualmente, mediante aplicações mais amenas.

2. Quanto mais drástica for a temperatura da água, mais rápida deve ser a aplicação, para ser mais eficiente.

3. A pessoa com distúrbios da pressão arterial, anêmica, debilitada ou idosa deve usar somente aplicações amenas — nem muito frias e nem muito quentes — e menos demoradas.

4. A mulher deve evitar os banhos medicinais durante o período menstrual e durante a gestação.

5. Quando fizer aplicações quentes:
•  beba água fresca antes e após;
•  repouse de 15 a 30 minutos após a aplicação;
•  logo em seguida faça uma aplicação de água fria rápida em toda a região atingida. Esta aplicação pode ser feita derramando água fria do chuveiro (com chuveirinho ou com caneco), passando um pano encharcado em água fria ou ainda baixando a temperatura do banho para 33°C (temperatura considerada neutra). Isso é muito importante para evitar resfriamentos.

6. Quando fizer aplicações frias:
•  os pés, as pernas, as mãos, os braços e a pele devem ser aquecidos antes e logo após a aplicação agasalhando-nos no leito ou mediante exercício, bolsas de água quente, sauna, banho de sol ou escalda-pés bem quente. Em lugar ou dia frio, recomenda-se beber água, chá ou suco quente logo após o banho.

7. O banho deve terminar, pelo menos, meia hora antes das refeições ou deve ser feito, no mínimo, duas horas após as mesmas. Isso previne problemas digestivos.

8. Em dia frio é bom manter o local do banho aquecido ou cobrir-se (envolvendo também a banheira) com um cobertor.

9. Não devemos submergir as extremidades (pés, mãos e antebraços) na água durante o banho. Isso dispersa o efeito.

10. Em todos os tipos de banho de assento ou de tronco devemos manter os pés aquecidos, submergindo-os noutro recipiente com água quente (40°C a 45°C) durante a aplicação.

11. Durante as aplicações quentes mantemos a cabeça fria utilizando uma espécie de turbante feito com toalha molhada.

12. Para manter a temperatura da água durante as aplicações quentes ou aumentar a temperatura, utilizamos uma chaleira com água fervente e acrescentamos, aos poucos, observando o termômetro.

13. Observamos a temperatura indicada para cada aplicação utilizando um termômetro para água. Podemos utilizar os termômetros usados para banho de nenê. Os termômetros axilares não servem.

14. Devemos estabelecer um programa regular de aplicações, tanto para prevenção, como para fins terapêuticos. Em alguns casos, apenas obtemos resultados após várias aplicações regulares. As aplicações mais amenas podem ser diárias. As mais drásticas são feitas duas a quatro vezes por semana — dependendo da constituição física da pessoa.

Banhos

Banho simples de assento

Neste tratamento a água atinge apenas a região das nádegas e a região genital — abaixo do umbigo.

1. Frio
a)  Temperatura: 13 a 24°C
b)  Duração: de 20 segundos a 20 minutos — o tempo é relativo ao hábito da pessoa em fazer aplicações com água fria, relativo à temperatura da água (quanto mais fria, mais rápida deve ser a aplicação), ao estado geral de saúde e aos objetivos da aplicação, segundo a indicação.
c)  Indicações: febres amenas (37° a 39°C), inflamação ou congestão de órgãos abdominais e pélvicos, hemorróidas, gases intestinais, impotência sexual, dores de cabeça, insolação e congestionamento dos brônquios.
d)  Contra-indicações: doenças renais e da bexiga, tuberculose, lesões cardíacas, anemia, doenças reumáticas ou durante o período menstrual.

2. Morno
a)  Temperatura: 33 a 38°C
b)  Duração: 15 a 60 minutos
c)  Indicações: hemorróidas muito sensíveis que não toleram a água fria, para o relaxamento muscular ou como efeito sedativo sobre o sistema nervoso.

Além dessas indicações, este banho é aplicado como opção para aqueles que não toleram a água fria ou estejam incluídos nas contra-indicações.

3. Quente
a)  Temperatura: 38 a 45°C
b)  Duração: 15 a 40 minutos, de acordo com a indicação.
c)  Indicações: cistite e menstruação dolorosa ou difícil.

Em caso de insônia o banho deve ser feito antes de dormir e, logo após o banho, aplicamos uma compressa fria, grossa, sobre o abdômen, coberta com um plástico para impedir que a umidade passe para a roupa e permitir que o calor seja conservado, quando o corpo aquecer a compressa. A compressa deve ser mantida por uma ou duas horas ou até que a pessoa acorde.

Para dor ciática podemos usar sal marinho, chá de taioba etc.

Para corrimentos vaginais utilizamos chá de taioba, de folhas de bardana, folhas de nogueira, vinagre de maçã (mais ou menos uma xícara de chá para cada 5 litros de água).

Micoses na região atingida pelo banho de assento podem ser tratadas como corrimento vaginal.

Banho de assento frio com fricção no baixo ventre
Este banho é realizado com movimentos de fricção na região inferior ao umbigo da direita para a esquerda, utilizando uma pequena toalha ou uma luva de tecido atoalhado.

   a)  Temperatura: 10 a 15°C
b)  Duração: a mesma do banho de assento frio ou de 1 a 5 minutos até três vezes ao dia.
c)  Indicações: atua sobre o sistema neuro-vegetativo promovendo uma estimulação geral do organismo, combate a prisão de ventre, estimula os órgãos reprodutores e a bexiga, combate afecções do reto e ânus (hemorróidas e fístulas), descongestiona o cérebro e os pulmões, diminui a febre, age como sedativo do sistema nervoso e alivia cólicas menstruais.
d)  Contra-indicações: as mesmas do banho de assento frio simples.

Este banho também é indicado durante toda a gravidez, à temperatura de 28 a 30°C, para proporcionar um bom parto. Nesse caso, a duração é de 3 a 10 minutos.

Banho de tronco

Neste banho a água deve alcançar as costelas, abrangendo a maior área possível do tronco e do abdômen.

1. Frio
a)  Temperatura: 28 a 30°C
b)  Duração: 20 segundos a 20 minutos
c)  Indicações: febre alta (39 a 41°C). Logo após o banho a pessoa se agasalha — sem se enxugar — e volta ao leito.

Feito duas ou três vezes por semana, o banho com duração de 1 a 2 minutos ativa as evacuações intestinais, a expulsão dos gases intestinais, regulariza a circulação sangüínea, promove o sono e previne resfriados.
d)  Contra-indicações: São as mesmas do banho de assento frio. Muito cuidado para não fazer em pessoa debilitada.

2. Morno
a)  Temperatura: 33 a 38°C
b)  Duração: 15 a 60 minutos
c)  Indicações: insônia, excitação nervosa, arteriosclerose, febre moderada (37 a 39°C) e hipertensão.

3. Quente
a)  Temperatura: 38 a 43°C
b)  Duração: 15 a 30 minutos
c)  Indicações: lombalgia (dor na região baixa da coluna vertebral e das costas), dor ciática, cólicas renais e da vesícula biliar, inflamações renais, artrose na região lombar e toráxica baixa da coluna vertebral, artrose coxo-femural e diabete. É bom para promover a transpiração.
d)  Contra-indicações: hipertensão, hipotensão, hipoglicemia, doenças cardíacas, hemorragias internas ou período menstrual.

Banho de tronco de calor crescente

   a)  Temperatura: 37 a 44°C
b)  Duração: 10 a 30 minutos
c)  Indicações: Para pessoa debilitada ou anêmica que não tolera aplicações frias.

Melhora a circulação sangüínea sob a pele.

É bom em caso de resfriado, gripe, infecções, dor reumática, lombo-ciática e para promover a transpiração.
d)  Contra-indicações: as mesmas do banho de tronco quente.

Fontes:

Louis Kuhne. Cura pela água – (Hemus)
Sebastian Kneipp. A minha cura d’água – (Vozes)

Fonte:

http://www.taps.org.br/Paginas/tercaseira08.html

ou

http://www.taps.org.br/

5 Comentários

Arquivado em banho de assento

Banho de assento com camomila

Amoras do meu coração!

Muitas meninas tem acessado e perguntado sobre banhos indicados para controlar o ph da vagina e acalmar irritações, depois do banho de assento com bicabornato agora é a vez de aprendermos como fazer um com camomila, isso mesmo o mesmíssimo chazinho das 6 da tarde pode ser utilizado para aclamar a nossa xaninha quando ela estiver irritada.

O chá de camomila deixa o ph da vagina mais baixo e é um método muito bom para controle da candidíase… Vamos lá:

Modo de preparar
Preparar o chá por infusão usando cinco colheres das de sopa de flores secas em um litro de água fervente. Coar, coloque numa bacia adicione agua morna e espere amornar por inteiro o banho sente-se e deixe o chá agir por 15 a 20 minutos. Preferenicalmente na noite e depois durma sem calcinha ou com calcinha de algodão (evite calcinhas de tecido sintetico meninas)… Repita o banho durante uma semana ou ate os sintomas desaparecerem…
Quando usar: Candidiase, irriações vaginais e também hemorróidas.

 Um pouco sobre a CAMOMILA
O principal uso desta planta é na forma de Chá como anti-espamódico e calmante do sistema digestivo; muito usado para combater cólicas das crianças. Compressas do chá sobre os olhos servem para relaxá-los. O chá forte é um clareador natural do cabelo. Na Índia é usada como calmante e sedativo durante a menstruação. O chá é bom também para gases intestinais, ansias de vomito, calmante, uso externo como cicatrizante. Seu nome cientifico é Matricaria Chamomilla, utiliza-se da planta as flores e penducolos.

O que é INFUSÃO?
A infusão é indicada para o preparo de folhas, flores, brotos, sementes e frutos. Coloque um pouco(alguns raminhos ou colher de chá(5 ml)/sopa(10 ml)) da erva em uma xícara ou copo e despeje água fervente. Abafe e deixe em repouso pelo menos 15 minutos. Após coar deve-se beber ou banhar ainda morno.

  procure comprar a erva seca em natura, os saquinho de chá podem servir poém são industrializados…

75 Comentários

Arquivado em saude da mulher